O fruto proibido é o mais apetecido!

No outro dia fui a uma nutricionista nova, uma expert na matéria, cheia de novas teorias! Decidi experimentar, apesar de estar há cerca de seis meses a ser acompanhada por uma nutricionista. Uma das coisas fantásticas que percebi logo foi o seguinte: tenho vivido os meus últimos anos na fronteira entre “proibidos” e “permitidos”. Sendo que a lista dos proibidos é bem maior que a lista dos permitidos. Conclusão: como o fruto proibido é o mais apetecido, percebi que, sempre que tinha uma oportunidade – e quando não tinha, inventava-a! – deleitava-me com o pecado!
Eis o que aprendi: se querem emagrecer, ter uma alimentação (e um espírito) equilibrado, o melhor é mesmo abolir este conceito. Agora, tudo é permitido! Com regras, claro, porque receitas milagrosas ainda não há! Passei a questionar-me: “eu adoro mesmo isto”? Vale a pena comer uma coisa que me é prejudicial, só por comer, quando o nível de satisfação é inferior a cinco, numa escala 0-10? Vale a pena estragar tudo, por uma coisa que não me satisfaz assim tanto? E a conclusão é: não!
Em termos práticos: no outro dia, já depois disto, fui à Garrett, no Estoril, a pastelaria preferida dos VIP. É uma pastelaria que tem fila para se comer qualquer coisa sentado… e tem porteiro… fina, portanto! E então entrei, olhei para aquelas prateleiras cheias de doces, todos com um aspecto maravilhoso, e eis o que me aconteceu! Pedi um pão com manteiga… até fiquei envergonhada, mas, na realidade, nada daquilo me apeteceu! Já não era um fruto proibido!

(escrito originalmente em Dezembro de 2009)

Esta entrada foi publicada em Reflexões. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s