Creme de ervilhas com hortelã

Uma sopa rápida e muito saborosa!

Ingredientes:
1 cebola
1 alho francês
abóbora
1 curgete
ervilhas q.b. (eu uso 1/2 pacote dos grandes)
2 ramos de hortelã, sal, pimenta e azeite

Cozer os legumes todos e triturar.
Juntar sal, azeite, pimenta moída na hora e a hortelã.
Bom apetite!

Publicado em Geral, Receitas, Sopas | Publicar um comentário

Mais uma receita da aldeia… e da minha infância: grelos com esparguete e ovo

Chegado o Inverno e a época dos grelos de couve, esta era uma forma de o meu avô lhes dar uso, sendo muitas vezes o seu jantar! Lembro-me de “fugir” até lá, só para jantar isto! Um sabor muito tradicional, mas muito bom…

  • Grelos de couve, esparguete,  ovo (1 por pessoa), azeite e sal.

Lave muito bem os ovos e leve a cozer numa panela grande com água temperada de sal. Arranje os grelos, deixando-os em bocados grandes. Quando a água ferver, juntar os grelos, uns fios de esparguete inteiros (aumente um pouco a quantidade se não estiver de dieta), e regue com um fio de azeite. Deixe cozer. No fim, escorra e sirva acompanhado pelo ovo cozido. Se quiser, regue com mais um fio de azeite no prato.

Publicado em Outras Receitas, Receitas | Publicar um comentário

O meu almoço: pargo ao alho no forno

Adoro este peixe! É super simples de fazer, rápido e muito saboroso.

  • 1 pargo pequeno (ou outro peixe para assar no forno)
  • 6 dentes de alho grandes
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • sal e pimenta

Comece por descascar e picar os alhos bem picadinhos. Coloque o peixe num tabuleiro e tempere com sal. Coloque o alho picado na barriga por baixo e por cima do peixe, colocando ainda na abertura da barriga e nos golpes, se tiver. Tempere com pimenta e regue com o azeite. Leve ao forno quente (200 ºC), por cerca de 20 minutos ou até o peixe estar assado (mas sem estar demasiado seco).

Acompanhei com umas batatinhas feitas no micro-ondas (ver receita aqui), e uma bela salada de alface!

Bom apetite…

Publicado em Receitas, Receitas de Peixe | Publicar um comentário

Salmão para quem não gosta de salmão, em papelote com ervas e limão

Não gosto muito de salmão, confesso. É um peixe demasiado gordo e com um sabor demasiado forte. Esta é uma das poucas formas de o comer…

  • 1 posta ou um lombo de salmão (eu prefiro lombo, tem ainda menos gordura)
  • sal e pimenta moída na altura
  • 1 ramo de salsa
  • 1 rodela de limão (com casca)
  • papel de alumínio, qb

Coloque o salmão numa folha de alumínio. Tempere com sal e pimenta moída na hora; coloque um ramo de salsa e uma rodela fina de limão. Feche bem a folha de alumínio, de forma a não sair vapor. Leve o papelote a grelhar na chapa ou no forno, durante cerca de 10 minutos, tendo o cuidado de virar o papelote a meio da cozedura.

O limão corta a gordura do peixe, que fica com um sabor óptimo. Pode acompanhar com uma batata cozida ou com um arroz branco e uma salada verde.

Publicado em Receitas, Receitas de Peixe | Publicar um comentário

E porque as nabiças vieram a dobrar do mercado, hoje temos migas para o jantar

Quando fui ao mercado, ontem, uma das vendedoras a quem compro os legumes ofereceu-me um molho grande de nabiças. «Faça umas migas para o jantar», argumentou a senhora quando lhe disse que já levava um molho dos grandes… Segui a sugestão!
  • 1 molho de nabiças cortado em juliana
  • 4 fatias de broa (ou meia broa pequena)
  • 3 dentes de alho
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1 folha de louro
  • 1 lata pequena de feijão frade cozido
Primeiro, arranje e corte as nabiças, e coza-as em água temperada com sal (não deixe cozer demasiado); escorra e reserve. Descasque os alhos e corte em lâminas e coloque numa taça pequena. Junte o azeite e o louro e leve ao micro-ondas por 10 segundos na potência máxima,para o azeite adquirir o sabor do alho.
Num tacho coloque o azeite, a broa esfarelada (ou passada pelo processador, ou seja, pelo “1,2,3”), as migas bem escorridas e o feijão frade. misture bem, e leve ao lume um minuto ou dois, mexendo sempre, para envolver.
Nota: como um cereal e uma leguminosa juntas dão uma proteína completa (aqui, a broa e o feijão), este é um jantar vegetariano perfeito… no entanto, se preferirem, acompanhem com uma carne grelhada. Aqui na região, as migas são ainda acompanhamento de bacalhau na brasa.
** Esta receita dá para 4 refeições
Publicado em Geral | Publicar um comentário

O meu almoço: carapau grelhado com molho à espanhola e broa

Hoje foi dia de mercado! Adoro ir ao mercado, não só pela acção em si mas também pelas iguarias que trago de lá. Para além de peixe, hoje trouxe grelos, nabiças, nabos, bróculos, couve portuguesa, alho francês, limões, e sei lá que mais… os grelos não passaram do almoço!
  • 2 carapaus grandes ou 4 médios
  • 1 cebola pequena
  • 1 ramos de salsa
  • azeite
  • vinagre
  • 1 colher de chá de paprica ou pimentão doce
  • pimenta, sal
  • broa de milho ou batatas cozidas
  • grelos (ou outros legumes à escolha)
Enquanto grelha o peixe,vá preparando o molho. Pique finamente a cebola e a salsa para uma taça pequena; adicione a paprica e cubra com azeite; tempere com vinagre, sal e pimenta moída na hora. Coloque o molho sobre o peixe. 

Como estou de dieta, eu coloco uma colher de sopa de molho (por causa do azeite) sobre o meu peixe, já no prato. Acompanhei com duas fatias finas de broa (pode ser com batata cozida) e grelos!
E deliciei-me…

Nota: eu tenho uma barbeque na varanda, grelho lá o peixe, no entanto pode ser grelhado na chapa ou até no grill do forno.

Publicado em Receitas de Peixe | Publicar um comentário

Almôndegas de perú em cama de lombarda

E quem disse que a carne picada só podia ser de carne ou porco? Como já tive oportunidade de partilhar neste blogue, não sou muito apreciadora de carnes vermelhas. Não é que não goste, mas no dia-a-dia prefiro alternativas mais saudáveis, como a carne de aves, deixando as outras para as ocasiões especiais. As minhas compras de hoje  incluíam peito de perú picado, e eu não perdi tempo…
Esta receita é deliciosa, experimentem, vão adorar!
1 cebola picada
500 gr de peito de perú picado (como para bolonhesa)
+- 10 folhas tenras de couve lombarda (as mais brancas, do interior da couve), dependendo do tamanho da couve
2 dentes de alho picados
1 colher de sopa de massa de pimentão
1/2 malagueta verde (das grandes) sem sementes
1 folha de louro
1 ramo de salsa
2/3 hastes de tomilho
pimenta moída na hora
2 colheres de sopa de vinho branco
1 fio de azeite
Comece por lavar a couve e cortar as folhas ao meio ou em quatro partes. Pique a cebola e os alhos para um tacho de tamanho médio/grande; junte o louro, a salsa e a lata de tomate; coloque a couve por cima, bem “acamada”, e leve ao lume por cinco minutos ou até a couve murchar e abater.
Entretanto, prepare a carne. Numa taça junte a carne, a massa de pimentão, as folhas de duas hastes de tomilho, a malagueta picada e o vinho, e tempere com sal e pimenta moída na hora; misture bem.
Quando as couves tiverem murchado (vão cozinhar ao vapor), molde pequenas bolas de carne e coloque por cima das couves. Deixe estufar, juntando um pouco de água, se necessário. Passados 10 minutos adicione a haste de tomilho, rectifique o sal e a pimenta, e regue com um fio de azeite. Deixe apurar mais 10 minutos em lume baixo.
Acompanhe com arroz basmati cozido e uma salada, se quiser.
Bom apetite!
Publicado em Receitas, Receitas de Carne | Publicar um comentário